Acabe com as dores nas costas adotando novos hábitos

Postado em 19/03/2019



A dor nas costas é um problema comum entre as pessoas e a sua principal causa não está relacionada a doenças ou condições ósseas, mas, na maioria dos casos, com o estilo de vida que é levado hoje em dia. Sua origem se dá por tensões e contraturas musculares, que podem ser ocasionadas por má postura, esforço físico, estresse e outros transtornos emocionais.

Contudo, as dores nas costas também podem ser provocadas por problemas relacionados com a coluna vertebral ou alguma das suas estruturas, como vértebras, nervos, discos intervertebrais, ligamentos e articulações.

A dor nas costas pode surgir no meio das costas (dorsalgia) ou mais embaixo na altura dos rins, na região da coluna lombar (lombalgia). Em ambos os casos, as principais causas estão relacionadas com a musculatura. Além de dores, a má postura pode levar a enfermidades nos pulmões, rins e estômago, em decorrência de compressões sofridas por esses órgãos pela estrutura óssea.


MUDE A ROTINA

Não adianta seguir instruções de como melhorar a postura se a sua consciência corporal é praticamente inexistente. É necessário ter a percepção de como você se expressa por meio do corpo, até para mudarmos a maneira como as pessoas nos enxergam. Recorrer à massagem quando a dor aperta pode até resolver, mas de forma passageira. Portanto, vale a pena separar alguns minutos do seu dia para se dedicar a novos hábitos.

A musculação ajuda a aperfeiçoar todos os músculos do corpo, o que é mais benéfico para a coluna do que malhar somente as costas. Uma boa postura não é só decorrente do fortalecimento do abdome e região, mas também do equilíbrio que deve ser mantido em todos os segmentos do organismo.

Outra atividade que contribui para a consciência corporal é o pilates. O método consiste em uma combinação de exercícios com aparelhos, movimentos e posturas que lembram outras práticas orientais, como a yoga. O alívio nos problemas relacionados à estresse e fadiga, o fortalecimento da musculatura abdominal, o aumento da flexibilidade e a reeducação postural são algumas das muitas vantagens que o pilates oferece.
 

Você se interessou pelo assunto? Aproveite e confira os cursos de pós-graduação na área da Educação Física oferecidos pela Pós Universidade Brasil.

Fonte: medicoresponde.com.br; boaforma.abril.com.br